Arquivos da categoria: Varios

teste

Impressão 3D – Guia para Principiantes

Bem-vindo ao meu guia para principiantes na impressão 3D.

Seja um novo "3D printer" ou  apenas procura saber mais sobre esta tecnologia, desde pequenos detalhes técnicos até quais as aplicações ou onde adquirir equipamentos, materiais e onde aprofundar conhecimentos sobre o assunto, fico contente que tenha passado por aqui.

Possivelmente por estes dias ja ouviu falar sobre os potenciais da impressão 3D, visto que ultimamente até está na moda, literalmente. Mas com este guia pretendo partilhar as minhas experiências,dando a conhecer pormenores sobre a história e realidade da impressão 3D por estes dias.

Espero que encontre aqui respostas as suas questões relacionadas com esta tecnologia, porque esse foi o propósito que me levou a escrever sobre o assunto. Particularizando mais, a minha principal motivação foi devido a alguns amigos que percebendo o "know-how" que tinha sobre o assunto me pediram que partilhasse de modo a que todos podássemos evoluir.

Como tal este espaço tem uma área de comentários onde pedia a todos que me corrigissem ou completação alguma informação que achem incompleta, ou menos correcta.

Estas pronto? Vamos começar com uma visão geral

Ao continuares a ler cores o risco de ficar mais inteligente, prossegue por tua conta e risco.

Impressão 3D – Tecnologia conhecida como "adictive manufacturing", ou fabricado por adição "onde um modelo tridimensional é criado por sucessivas camadas de material" in Wikipedia, foi descrita no "Financial Times" entre outros, como tendo mais potencial de crescimento do que a Internet, foi criada em 1984, tão velha como eu, que já não sou um adolescente, e que anda na boca do mundo como se fosse tecnologia de ponta de ultimo grito, como se tivesse sido invetado ontem e que todos os que sabemos disso fossem ficar ricos, infelizmente não vão.

Bem, é a minha definição de impressão 3D, um bocado irónica mas que sinceramente me parece adequada para quando se fala em impressão 3D nos dias de hoje. Não concordo como é apresentada ao público em geral esta e outras tecnologia e novidades, em vez de ser informação esclarecedora, é normalmente informação pensada na rentabilização dos negocios do que na ajuda a esclarecer todos os que já ouviram no ar falar sobre esta tecnologia.

Mas afinal o que é a impressão 3D.aditive manufacturing

Todos reconhecem o impacto que a tecnologia tem tido na vida das pessoas, basta pensar na tecnologia por de traz de todos o equipamentos que usamos no dia-a-dia, mas a verdade é que por norma uma tecnologia demora anos ou décadas a provar o seu valor, e a mostrar a  forma como rompe com as tecnologias tradicionais convencendo a população em geral que essa é uma solução mais vantajosa e poder tirar dai os reais benefícios.

É espectável que a impressão 3D ou de fabrico por adição, seja uma dessas. Já esta a ser divulgada largamente na tv, em jornais e na internet, com algum a dizerem que, ditara o fim aos tipos de produção tradicional que revolucionará o design, ou até nas implicações sociais, económicas e de segurança e o impacto no nosso dia-a-dia?

O factor principal neste tipo de tecnologia é o processo de adição de camada de material, camada a camada a uma escala submilimetrica, é aqui que reside o princípio básico, e principal diferença em relação aos vulgares processo de fabrico.

  1. Esta Pagina
  2. Impressao 3D comparação com processos tradicionais
  3. Impressão 3D – Básico
  4. Impressão 3D – Começar
  5. Impressão 3D – Materiais
  6. Serviço de impressão 3D e como encomendar

Impressão 3D VS Processos de fabrico tradicionais

Com os processos tradicionais de fabrico existem algumas limitações, nomeadamente serem largamente baseados no trabalho feito a mão tendo ao longo dos tempos esses mesmos processos automatizados, de modo que se tornaram complexos e agora requerem bastantes meios informáticos e robóticos, mas sempre baseado nos primórdios dos princípios que eram executados a mão.

Estas tecnologias derivam da subtração de material de um bloco maior ou passam por esta necessidade de modo a obter o produto final por técnica de fundição ou moldagem e isto implica uma serie de limitações em todo o processo de fabrico.

Para muitas aplicações, os processos tradicionais de projeto e produção impõem um grande conjunto de impedimentos, o dispendioso trabalho de ferramentas, suportes, a necessidade de montagem de peças complexas. O processo de subtração de material como por exemplo a maquinação de uma  peça resulta no desperdício de até 90% do material aplicado. Pelo contrário a impressão 3D e um processo de criação do objecto por a adição directa do material camada a camada, de maneiras que podem variar bastante dependendo da tecnologia utilizada.

Com a massificação da impressão 3D, que é uma tecnologia que encoraja e leva a inovação, com uma liberdade no design sem precedentes, e ao mesmo tempo é um processo sem ferramentas faz com que reduza os custos e tempos de produção de um dado componente ou protótipo. Componentes esses que podem ser desenhados especificamente para as aplicações a que se destinam, com geometrias intricadas, e características complexas sem que isso leve a custos extra. A impressão 3D apresentasse também como uma tecnologia com uma boa relação energia/eficiência que pode proporcionar eficiência ambiental quer em termos do processo de produção quer na duração de vida de um produto acabado, conseguido com desenhos mais leves e resistentes.

Nos últimos anos a impressão 3D saiu de trás da cortina da indústria da prototipagem para um processo que é cada vez mais acessível as pequenas empresas e particulares. Devido a entrada de multinacionais no negocio fazendo ganhar escala e viável economicamente, pequenas (e com menos recursos, mas ainda assim)  impressoras 3D podem encontrar-se agora a partir de, diria que neste momento 500€.

Isto abriu esta tecnologia a uma audiência muito mais vasta, assim como a adoção exponencial a continuar a acontecer em todas as frentes, temos cada vez mais, sistemas, materiais, serviços etc.

  1. Inicio deste guia
  2. Impressao 3D comparação com processos tradicionais
  3. Impressão 3D – Básico
  4. Impressão 3D – Começar
  5. Impressão 3D – Materiais
  6. Serviço de impressão 3D e como encomendar